quarta-feira, 16 de abril de 2014

A SIMPLICIDADE DA MENSAGEM DO EVANGELHO.

         
O Evangelho no seu conteúdo tem a mensagem mais simples que alguém pode ouvir. Não existe nenhuma complexidade, nenhuma coisa difícil que não possa ser discernida e interpretada por aquele que está buscando a Deus.          

O Evangelho é a mensagem da simplicidade, que pode ser entendida por todos independente do grau de conhecimento ou cultura, em todas as áreas e em todos os tempos.

O Evangelho decodifica-se com a nossa mente, e fala ao nosso coração, como a água do rio fala a terra quando percorre o seu leito.

O Evangelho tem a mensagem dos lírios dos campos, que não fiam, não costuram e nem se utilizam de mãos humanas para fazer os seus adornos, e que hoje existe e amanhã é lançada fora. No entanto, nem Salomão em todo o seu esplendor se vestiu como qualquer um deles.

O Evangelho tem a mensagem do semeador que simplesmente saiu a semear. E semeou..., e algumas caíram em terras não muito boas, e outras caíram em terras boas e germinaram, cresceram e prosperaram.

O Evangelho tem a mensagem do homem vestido de roupa de pele de camelo, que se alimenta de gafanhotos e mel silvestre, e que preparava o caminho daquele que estava por vir.

O Evangelho tem a mensagem dita de forma solene ao mestre dos Judeus: Nicodemos, ao qual foi revelada a necessidade que  todo o homem tem de passar pelo novo nascimento.

O Evangelho tem a declaração do coração arrependido de Zaqueu, que não era bem visto por todos, nem pelos de sua própria casa, mas que foi admirado, bem visto por aquele que parando embaixo da figueira onde ele tinha subido, olhando para cima disse: “Desce depressa, porque hoje eu vou passar a noite na tua casa”. Ninguém sabe o que aconteceu ali. Mas algo extraordinário aconteceu, porque Jesus não só passou a noite em sua casa, não só se alimentou do que lhe ofereceu, mas com toda a certeza o amou como amor indizível, que foi fundo em sua alma, e tirou dele toda a prisão e abandono que havia se acumulado ao longo de sua vida e gerou em seu ser um profundo e genuíno arrependimento que foi expresso através da declaração: “Resolvo dar aos pobres a metade dos meus bens; e, se nalguma coisa tenho defraudado alguém, restituo quatro vezes mais (Lc 19.8).

O Evangelho tem a mensagem da humildade, da confiança, do descanso Naquele que chamou as pessoas para estar perto dEle para  fazê-los pescadores de homens. 

O Evangelho simples da casa de Simão, da beira-mar, do sermão do monte, do caminho de Emaús que fez a diferença na vida de muitos e que tem impactando toda a humanidade.

O admirável e restaurador Evangelho de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. Assunto melhor não há...
    

           Shalom

           Pr. Croce

Nenhum comentário:

Postar um comentário